Quem sou eu

Minha foto
Apóstolo de Cristo, Doutor em Teologia. Secret.Geral do Conselho Apostólico Brasileiro. Presidente da RAMC-Brasil, Rede Apostólica de Ministérios Cristãos, Presidente da Comunhão Cristã - Igreja Apostólica. Vice-Presidente para o Brasil da CONELA - Confederação Evangélica Latino Americana.

quarta-feira, 4 de maio de 2011

O Profeta e seu Caráter.


Prov. 29:18 Onde não há profecia, o povo perece...

Mat. 11:13 Pois todos os profetas e a lei profetizaram até João.

Matt. 11:11 Em verdade vos digo que, entre os nascidos de mulher, não surgiu outro maior do que João, o Batista; mas aquele que é o menor no reino dos céus é maior do que ele.

Temos visto em nossos dias a grande restauração que Deus tem promovido, quanto aos cinco ofícios ministeriais de Ef. 4:11.

Quero abordar nesta matéria, especificamente o ministério do Profeta, visto estarmos diante de grande oportunidade, para elucidar o papel do Profeta no Novo Testamento.

Entendo que o Profeta carrega consigo, a bagagem necessária para estabelecer, ou ativar o ministério profético entre os irmãos, já que a Palavra de Deus nos assevera claramente que 1Cor. 14:31 ... todos podereis profetizar, cada um por sua vez; para que todos aprendam e todos sejam consolados

Apesar da clareza deste versículo, a transição do ministério do Profeta, do Velho Testamento para o Novo, não tem sido evidenciada na vida de muitos dos que hoje se intitulam Profetas, pois a atitude ministerial destes, deixa claro que não entenderam a diferença entre a Velha e a Nova Aliança.

Vejamos:

No VT os profetas eram visitados, ou descia sobre eles a unção do Espírito Santo, ou ainda, vinha a eles a Palavra do Senhor, e eles exerciam o papel de porta vozes, mediadores entre Deus e o povo. Qualquer que quisesse se comunicar com Deus, deveria fazê-lo por intermédio do Profeta. Deus falava ao Profeta, e este transmitia as palavras ao povo. O povo buscava o Profeta, e este consultava a Deus, para então trazer uma resposta, uma visão, uma instrução ao povo.

Nos versículos de Mateus 11 mencionados logo acima, percebemos que Deus muda a maneira de se comunicar conosco de forma radical. De fato o NT nos diz que 1Pe. 2:9 ... vós sois a geração eleita, o sacerdócio real, a nação santa, o povo adquirido, para que anuncieis as grandezas daquele que vos chamou das trevas para a sua maravilhosa luz; Somos então um sacerdócio real, ou seja, uma nação de sacerdotes e reis, e ainda devemos "anunciar", ou profetizar, as grandezas de Deus! Lemos também que "todos podeis profetizar", isso significa que o papel de porta voz, ou meio de comunicação entre Deus e os homens, que o profeta exercia no VT, deve dar lugar a uma geração nova de sacerdotes e reis, de porta vozes do Altíssimo.

Isso fica claro quando lemos que até João Batista, os profetas tinham esse papel, mas depois dele, que era profeta, e era tão grande profeta, que Deus declara que dentre os nascidos de mulher, ninguém o supera, entretanto no Reino de Deus, o menor de todos, é maior que o Profeta João Batista. Isso diz claramente que na Nova Aliança, o papel desempenhado anteriormente apenas pelos Profetas, agora é desempenhado por todos, pelo menos no que diz respeito a estarmos autorizados e livres, para falar diretamente com Deus, e para ouví-lo sem intermediários!

No Novo Testamento, já o Espírito Santo foi enviado, ele é o VIGÁRIO de Cristo, ou substituto de Cristo, e habita em cada cristão nascido de novo, e o capacita a andar na luz, a conhecer a verdade, a manifestar Seu dom, ou seja o dom do Espírito que encontra lugar para fluir nesse cristão! Ele é o nosso "penhor", ou seja, nossa garantia, de que somos filhos, e se somos filhos, já não somos apenas servos, como os profetas do VT. 

Voltando então, o papel do Profeta no Novo Testamento, deixou de ser o de único meio de comunicação com Deus, para ser o de facilitador entre os irmãos, no fluir da profecia entre todos, e ainda o de ser alguém hábil para julgar a profecia, discernir espíritos, e para trazer luz, ou entendimento, sobre o grande fundamento cristão, que é a Palavra de Deus. Creio que o Profeta, compartilha com o Apóstolo, o ofício de esclarecer, trazer entendimento, revelar o fundamento que já foi estabelecido, e é imutável, como lemos em Ef. 2:20, que é entregue aos homens na forma da Palavra de Deus.

Comecei a matéria com a palavra caráter em seu título, com um constrangimento de coração, e uma preocupação de alma, quanto ao fato de enfrentarmos em nossos dias uma verdadeira batalha entre o CARISMA e o CARÁTER!

Muitos, não só se agarram com unhas e dentes à Velha Aliança, onde a palavra do Profeta era digna de um "Ponto Final" - e se acabou o assunto, e tenho dito - como ainda usam e abusam da boa fé do povo, para inclinar por meio de profecias, as vidas, ministérios e finanças do povo, segundo seus interesses pessoais.

Outros ainda, profetizam a Palavra de Deus, que cumpre cabalmente o propósito para o qual foi enviada, e fazem disso a sua própria glória, seu próprio império. Demonstram sempre, nos bastidores proféticos, um caráter duvidoso, que mancha a palavra profética no coração dos que a ouvem. Temos enfrentado dilemas gigantescos com o fato de Deus usar até mulas para fazer proclamar sua Palavra, sua vontade. Digo mulas, me referindo não só ao animal, mas também a alguns que deixam evidente que, naquele dia dirão ao Senhor Mat. 7:22-23 ...Senhor, Senhor, não profetizamos nós em teu nome? e em teu nome não expulsamos demônios? e em teu nome não fizemos muitos milagres? Então lhes direi claramente: Nunca vos conheci; apartai-vos de mim, vós que praticais a iniquidade.

Fica muito claro, que apesar de terem profetizado, o CARÁTER destes não os fez conhecidos de Cristo, e aceitos no Reino de Deus.

Mas eles profetizaram sim, e Deus honrou sua Palavra sim, e ela era verdadeira e não falsa, e cumpriu-se cabalmente como fora profetizado!

Conclusão:

A Profecia passará, e ela não habilita ninguém ao Reino de Deus, mas não é porque poderia existir fogo estranho entre nós, que devemos apagar todo fogo, e não aceitar fogo algum, a fim de protegermos os irmãos do mau caráter, visto que o povo pereceria sem a palavra profética, sem a visão do modelo celestial, trazida a nós por boca de profetas, confirmada a muitos, julgada e achada conforme!
Gostei muito do que ouvi nesta Conferência Profética nos bastidores ministeriais: "Os ministérios não são aprovados ou reprovados pela forma como iniciam, mas sim pela maneira como acabam".

1Cor. 3:13 a obra de cada um se manifestará; pois aquele dia a demonstrará, porque será revelada no fogo, e o fogo provará qual seja a obra de cada um


Shalom!


3 comentários:

  1. Shabat Shalom, necessário meditar sobre o Profeta e sua integridade (Caráter), pois o Espírito está sobre a Igreja e ele diz acerca da mesma e dos tempos, pois haverá dia que cessará a profecia (zacarias 13)halleluya

    ResponderExcluir
  2. Nào entendo pra que utilizar hebraico. estamos no Brasil!

    ResponderExcluir
  3. deixa de ser 'cricri' falamos no Brasil muitos outros idiomas por que não hebraico!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir